segunda-feira, 4 de agosto de 2008

"se aqui estamos ... você nos fez ..."

[Hoje vai ser diferente, vamos postar para mamãe, para quando ela abrir este blog ela leia essa surpresa.]

Na minha vida você está a dezenove anos e isso não é pouco, mas é pouco perante o tempo que quero que esteja ao nosso lado. Ao meu, ao dos meus irmãos. Se pudesse eu criaria uma fórmula para você viver o tempo que quisesse, mas como não posso, eu faço de tudo para que você veja crescermos como sempre fez. Um irmão casou já e o outro está para casar ainda este ano e pensamos: "O futuro chega para nós todos!".
Eu estudando para uma faculdade e marquinhos nasceu a um ano e 7 meses atrás e cá estamos. Veja só a vida que nos deu, os momentos que nos proporcionou, os caminhos que nos mostrou, tantas vezes que conversamos, tantos planos que junto fizemos e ainda fazemos.

Creio que para mim, tudo seja só apenas um começo, que a vida tentará me derrubar muitas vezes, eu me erguerei como sempre, com a sua força e a minha juntas, o Marquinhos terá uma vida pela frente o qual sempre buscamos prepará-lo ou ainda pensando como prepará-lo, mas dúvidas de que será uma pessoa de alma pura eu não tenho, sei disso porque, todos nós somos assim e de onde veio eu sei, de você.

Eu não tenho o que reclamar, nem mesmo dos dias barras e pregos que estivemos durante estes anos, porque com cada um desses momentos foram só aprendizados. Eu guardo tudo como um grande segredo, mas não é um segredo, todos sabem, sabem do que somos e de onde veio o que hoje somos.

Meu orgulho é maior a cada dia.

O grande espelho da minha vida, o espelho que Deus me deu, o espelho que hoje consigo ver seu sorriso em meu sorriso, o seu coração no meu, os seus pensamentos nos meus pensamentos e o que você lutou até hoje eu vejo pelo espelho, o meu espelho é você. O que eu mesmo quero é ter minha família e ver o Marquinhos crescer e dizer a ele: "Hoje, sou igual a minha mãe! Mas mesmo assim, ela foi bem mais que a minha proteção, igual a ela não tem!" e vou pedir que ele sempre lembre disso, que você soube nos dar o amor que tanto precisávamos e ainda precisamos e eternamente precisaremos.

Eu sempre digo que te amo, quando seguido de um abraço quer dizer que não tem fim esse meu amor. É verdade que eu não sei definir o que você é na minha vida, porque mesmo que a palavra - Mãe - soe forte nesta frase, não quer significar nem 1/3 do que realmente és em nossas vidas, você é mais que Mãe, que ENSINAMENTOS, que APRENDIZADOS, que o AMOR, que as VERDADES, que os MOMENTOS, que os ANOS, que os ABRAÇOS, que a sua VOZ, que os DIAS ... você é bem mais do que dizem por aí. Eu sinto bem mais, eu sinto a mais pura admiração.

Impossível te descrever com palavras ...

Eu só agradeço por ser quem és, na vida de seus filhos e de todos que te rodeiam.

Minha mãe, eu te amo, é infinito.

2 comentários:

Sammyra Santana disse...

Que lindo, Marcela!
Parabéns por ter uma mãe tão maravilhosa!
Saudades de vc no meu blog, viu?
Beeeijo pra vc, sua mãe e o pequeno fofinho!

Jessicakiyama disse...

Nossa... faz um bom tempo que não venho comentar por aqui e muito menos postar no meu =]...
mas pelo visto não foi só eu :p
imagino que seu irmão já esteje grandão, lindo e sorridente como sempre.
Vou começar a postar no meu frenquentemente.
bju

jessicakiyama.blogspot.com